• EBMN

Desvendando a diversidade de mamíferos em paisagens do sudoeste goiano



Aos poucos, a equipe de pesquisadores do PELD EBMN está desvendando a diversidade de espécies de mamíferos de médio e grande porte em paisagens situadas no sudoeste goiano. Desde fevereiro/2022, os pesquisadores têm intensificado os trabalhos de campo com o objetivo de levantar as espécies que ocorrem na região. Até o momento, os pesquisadores instalaram armadilhas fotográficas em 40 locais distribuídos em quatro das seis paisagens alvos do PELD EBMN e os resultados são impressionantes! Segundo o doutorando Roniel Freitas-Oliveira, que é um dos responsáveis pelo levantamento das espécies, cerca de 20 espécies de mamíferos de médio e grande porte foram registradas até o momento.


“Apesar de ser uma área dominada por ambientes antrópicos (p.ex. plantações de monoculturas e pecuária), o nosso levantamento está permitindo o registro de um número expressivo de espécies, incluindo algumas que constam na lista nacional de espécies ameaçadas de extinção”. (Roniel Freitas-Oliveira)

Dentre as 20 espécies registradas até o momento é possível destacar a ocorrência de anta (Tapirus terrestris), cateto (Pecari tajacu), jaguatirica (Leopardus pardalis), onça parda (Puma concolor), paca (Cuniculus paca), tatu canastra (Priodontes maximus) e veado catingueiro (Mazama gouazoubira). Além do registro dessas espécies, também foram registradas que algumas (p.ex. paca e cateto) estão se reproduzindo nessas paisagens. De acordo com o Dr. Jânio Cordeiro Moreira (IF Goiano), que também integra a equipe responsável pelo estudo, além de permitir o registro das espécies, o estudo também providenciará informações importantes acerca da história natural das espécies encontradas.


“Esse tipo de estudo é importante, pois ele possibilita a aquisição de diversas informações a respeito da biologia das espécies registradas. Por exemplo, é possível saber os horários em que as espécies estão ativas, se há evidências de que os animais estão se reproduzindo na região, se os indivíduos ocorrem em bandos e qual o tamanho dos bandos. Essas informações são úteis para a proposição de ações de conservação e manejo da fauna em paisagens fragmentadas." (Jânio Cordeiro Moreira)





0 comentário

Posts recentes

Ver tudo