divulgação científica

Sapo? Rã? Perereca?

 

Com certeza, você já ouviu alguém dizer: a rã é a mulher do sapo! Isso está errado e, provavelmente, este engano ocorre devido ao fato de sapo ser uma palavra masculina e rã ser uma palavra feminina. Como podemos, então, reconhecer um sapo, uma rã e perereca.


Os sapos apresentam pele mais áspera, com muitas glândulas, sendo que duas delas são muito grandes, as glândulas parotóides, que ficam atrás dos olhos, na cabeça.


As rãs, por sua vez, têm pele mais lisa, dedos longos, pernas muito longas, que permitem saltos maiores. Também podem ser venenosas, mas não há glândulas grandes como as dos sapos.


As pererecas, tem pele lisa e as pontas dos dedos apresentam uma dilatação, chamada de ventosa ou disco adesivo. É esta estrutura que permite a perereca subir uma parede, por exemplo. Também podem ser venenosas.


Observe as fotos e veja se consegue distinguir os três tipos de anfíbios! E como posso distinguir o macho da fêmea de uma espécie de rã, sapo ou perereca? Ficou curioso? Acompanhe nossas publicações!

Fotos

Rogério P. Bastos

Autor

Rogério P. Bastos/UFG

Envie sugestões de temas, críticas, elogios para o e-mail:
projetoebmn@gmail.com

Prancheta 6elementos da marca.png
Prancheta 11elementos da marca.png